fbpx

O que é olho preguiçoso?

Visão embaçada e estrabismo podem ser sintomas de ambliopia — o popular olho preguiçoso. Se diagnosticado na infância, muitas vezes, o problema pode ser trabalhado e tratado. Saiba mais.
Bebê com olho preguiçoso

Muitas vezes, os pais acreditam que as crianças não desenvolvem patologias oculares. O problema é que algumas doenças se manifestam ainda na primeira infância, como a síndrome do olho preguiçoso. Quando tratada à tempo, é possível reverter o quadro e garantir que os pequenos tenham uma boa visão na vida adulta.

Se você tem notado desalinhamento nos olhos da criança, ou se ela já relatou ter uma visão embaçada, ela pode estar sofrendo de olho preguiçoso. Continue a leitura e entenda como o problema ocorre:

O que é olho preguiçoso?

A ambliopia ou olho preguiçoso é uma condição em que há baixa da acuidade visual de um ou dos dois olhos. Basicamente, isso ocorre por um problema na comunicação entre olho e cérebro: a região cerebral correspondente à visão não foi estimulada no momento certo (até os 8 anos, em média), então “ignora” sua existência.

Embora não seja um problema ocular em si, ela pode sim causar a diminuição ou perda da visão.
É uma condição que deve ser identificada na infância, devido ao período de desenvolvimento visual, o qual é acelerado entre 0 a 2 anos, mas estende-se até 8 anos de idade. E se não forem feitos diagnóstico e tratamento durante esse período, a perda da visão pode ser permanente.

Quais as causas do olho preguiçoso?

Existem alguns problemas que podem causar a ambliopia:

  • estrabismo: é um distúrbio que faz com que os olhos apontem para direções diferentes. Ele pode ser tanto a causa quanto a consequência do olho preguiçoso;
  • anisometropia: é a diferença de grau entre os dois olhos. Pode ocorrer por astigmatismo, miopia ou hipermetropia. Essa condição pode causar ambliopia porque forma diferentes focos nas imagens que chegam na retina, sendo mal focalizada a imagem do olho com maior erro de refração;
  • obstrução do eixo visual: problema que interfere ou impede a formação de uma imagem nítida na retina do olho afetado, por exemplo: catarata congênita, córnea turva, ptose (pálpebra caída).

Quais problemas o olho preguiçoso pode causar?

Quando não tratada a tempo, a ambliopia pode causar sérios problemas de visão, como:

  • desalinhamento ocular (o olho que enxerga mal tende a desviar);
  • perda da visão binocular: o indivíduo torna-se incapaz de ter a visão de profundidade de uma imagem;
  • perda da clareza visual no olho preguiçoso.

Quais os tratamentos disponíveis?

O tratamento varia conforme a causa da ambliopia. No entanto, costuma ser dividido em 2 fases:

  • correção do problema: é preciso eliminar a causa do olho preguiçoso. Essa correção pode ser com cirurgia de catarata, óculos para correção da ametropia (miopia ou hipermetropia),alinhamento cirúrgico dos olhos, entre outros
  • depois, o oftalmologista recomenda exercícios para reforçar a ligação olho-cérebro. Nesses casos, costuma-se bloquear o olho mais forte (com um tampão ou aplicação de gotas) para treinar o cérebro a reconhecer a imagem com o olho preguiçoso.

Como você viu, o olho preguiçoso é uma condição que acomete crianças e, quanto mais rápido for feito o diagnóstico, mais fácil é revertê-la. Portanto, contar com um oftalmologista infantil pode fazer toda a diferença na saúde ocular durante toda a vida.

Se você tem filhos, faça consultas preventivas! Mesmo que não tenha notado desalinhamento nos olhos de um deles, entre em contato com o Donato Hospital de Olhos e marque uma consulta.

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nosso website e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo site, você autoriza o Donato Hospital de Olhos coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.